Juíza e amiga levam um cacete ao participar de suruba com vereador Banana e outros em hotel

aaaaa

Um encontro íntimo entre uma juíza, sua amiga e três vereadores do Município de Piraí/RJ, acabou em baixaria, com agressões e até ameaça de morte em um quarto de hotel, em Brasília/DF. O fato ocorreu no dia 28 de abril, mas somente agora foi divulgado e a juíza pediu para não ser identificada.

A juíza conta que estava no quarto com os vereadores Flávio Banana (PTdoB), Júnior Rocha (DEM) e Paulo César Leandro Simplício (PDT), que estavam em Brasília participando da Marcha dos Vereadores, quando sua amiga foi ao banheiro com o vereador Flávio Banana e ela ficou com os outros dois.

Ao ficarem sós, os vereadores Simplício e Júnior Rocha soltaram a franga e, de roupas íntimas, começaram a se beijar e exigiram que a juíza participasse da troca de beijos. Como ela se recusou, os vereadores ficaram furiosos e partiram para agressão.

Irritado, Júnior a agrediu, desferindo-lhe um tapa no rosto e, em seguida, disse: “Essa menina não está com nada”. Atemorizada a juíza gritou e amiga e Flávio Banana saíram do banheiro para ver o que estava acontecendo, mas a amiga da juíza colocou o vestido e fugiu em disparada.

Durante a confusão, Paulo Simplício se postou na porta do quarto dizendo que ninguém sairia dali, Júnior rebateu dizendo que não havia mais clima para a diversão e saiu, e Flávio Banana, depois de se vestir, meteu a mão na cara da juíza chamando-a de vagabunda e também deixou o quarto.

Como Flávio Banana estava com sua amiga, a juíza o pediu para não deixá-la sozinha com Paulo Simplício, mas ele não a atendeu e saiu, ocasião em que Simplício foi a sua direção, mordeu fortemente sua bochecha e começou a gritar feito louco que ela era belíssima.

Transtornado, Paulo Simplício gritou: “Eu também sou belíssima. Sou a Paloma e você não me conhece”. Em seguida ela foi jogada ao chão e simulou um desmaio, mas Simplício percebeu a jogada e encostou-lhe uma faca no pescoço, dizendo que iria matá-la, beber o sangue e ainda comer a carne dela.

Quando finalmente conseguiu sair do hotel, a juíza encontrou a amiga dela e policiais no saguão. A vítima teve uma hemorragia na glândula parótida e fibrose nos braços, que provocou a perda dos movimentos dos dedos indicador e polegar. O caso foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia.

http://jornalcapixaba.com/juiza-e-amiga-agredidas-ao-participar-de-suruba-com-vereadores-em-hotel/

Jovem preso ao tentar se passar por médico em Balneário Camboriú é encontrado morto

O jovem de 19 anos, preso na semana passada ao tentar se passar por médico no Hospital da Unimed, em Balneário Camboriú, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira na casa onde morava no Bairro Taboleiro, em Camboriú.

No local foram encontradas embalagens de medicamentos, e a polícia suspeita de suicídio.

O caso teve repercussão nacional depois que um jornal local relacionou a situação a um vídeo, publicado dias antes pelo rapaz nas redes sociais, em que ele afirmava ser fã de séries médicas de TV.

No momento em que foi detido, na última terça-feira, o jovem usava um jaleco branco e portava blocos de receituário médico, estetoscópio, um crachá e uma identidade furtadas de um médico, além de carimbos, pendrive, dinheiro e um documento falso para solicitar um crachá novo de acesso ao hospital.

Durante uma onda de vídeos “50 fatos sobre mim”, que tomou o Youtube no ano passado, Josias publicou um depoimento com os 50 fatos sobre ele. Em um dos itens da lista, ele afirma que a série “Grey’s Anatomy” (famosa série sobre o cotidiano de alguns médicos, que está na sua 13ª temporada) é a sua favorita. E afirma: “Eu sou formado em medicina em 12 temporadas de ‘Grey’s Anatomy” (assista abaixo).

O rapaz chegou a ser levado para o presídio, sob as acusações de uso de documento falso e furto. Dias depois a Justiça concedeu liberdade provisória, mas não determinou acompanhamento psicológico.

Também não houve atendimento com psicólogo na delegacia. O delegado regional David Queiroz de Souza diz que a Polícia Civil catarinense é a única no Brasil a manter a carreira de psicólogo, mas a atuação dos profissionais é voltada a outras situações, como vítimas de violência doméstica.

 http://expressodiario.com/jovem-preso-ao-tentar-se-passar-por-medico-em-balneario-camboriu-e-encontrado-morto/

Jovem de 23 anos matou sozinha mais de 100 militantes do Estado Islâmico, a recompensa pela sua cabeça é de U$ 1 milhão de dólares

A jovem largou os estudos para lutar contra o Estado Islâmico e matou 100 militantes

Joanna Palani tem 23 anos e é estudante de política e filosofia da Dinarmaca. Acontece que ela também tem uma recompensa de US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões) por sua cabeça.

Por que? Bem, acredite ou não ela matou mais de 100 militantes do Estado Islâmico enquanto lutava ao lado do grupo Kurdish Peshmerga, no Iraque e na Síria, segundo informações do Broadly. O caso foi destaque em diversos jornais, como The Mirror, The Independent, The Guardian e Daily Mail.

Joanna, que tem ascendência iraniana e curda, nasceu em um campo de refugiados em Ramadi, no Iraque, durante a Guerra do Golfo. A primeira vez que ela atirou foi aos nove anos de idade. Ela ainda era muito jovem, em 2014, quando largou os estudos e deixou Copenhague, onde foi morar, para ir para Síria.

Em um texto no Facebook, Joanna escreveu que foi inspirada a “lutar pelos direitos das mulheres, pela democracia – pelos valores europeus que aprendeu ao ser uma garota dinamarquesa”.

Ela se juntou à revolta em curso contra o governo sírio no começo da Primavera Árabe, primeiro lutando contra o regime de Assad e, em seguida, contra o ISIS.

Reprodução: A jovem largou os estudos para lutar contra o Estado Islâmico e matou 100 militantes

Joanna lutou contra eles em Kobane, uma cidade síria na fronteira com a Turquia, enquanto lutava com as Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), e também ajudou a libertar as meninas Yazidi, que foram aprisionadas como escravas sexuais enquanto lutavam ao lado das forças de Peshmerga no Iraque.

Suas ações heroicas chamaram a atenção das autoridades dinamarquesas, que a proibiram de viajar para a região quando voltou do combate em setembro de 2015. Ela foi presa em Vestre Fængsel, a maior prisão da Dinamarca, quando descobriram que ela iria furar a proibição para viajar para o Qatar.

A jovem largou os estudos para lutar contra o Estado Islâmico e matou 100 militantes

Joanna passou três semanas atrás das grades antes de ser liberada e já teve seu passaporte confiscado. Ela acredita que é vista como uma terrorista em seu próprio país, e ela vive escondida e muda de local constantemente com medo de represálias. “Sinto muito por violar a lei, mas eu não tinha escolha na época”, disse ela. “Aqueles pelos quais arrisquei minha vida, agora estão tirando minha liberdade. Eu não esperava perder quase tudo por lutar por nossa liberdade e nossa segurança”, afirmou.

“Há uma recompensa de US $ 1 milhão pela minha cabeça. É possível que eu seja capturada e morta nestas circunstâncias que me encontro aqui na Dinamarca”, disse.

http://expressodiario.com/jovem-de-23-anos-matou-sozinha-mais-de-100-militantes-do-estado-islamico-recompensa-pela-sua-cabeca-e-de-u-1-milhao-de-dolares/

Jornal inglês sacaneia com autoridades brasileiras zuando com “Cristo Redentor assaltante”

aaaaa

Uma ilustração do Cristo Redentor empunhando uma arma e um saco com dinheiro em uma matéria do jornal britânico “The Guardian” provocou reações da Arquidiocese do Rio. A charge apareceu na versão imprensa desta quinta-feira (1º).

A reportagem tem três páginas e recebeu o título de “Operação Lava Jato: seria esse o maior escândalo de corrupção da história?”. O texto descreve o cenário político e econômico no Brasil dos últimos anos.

O arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, afirmou que a divulgação da charge foi lamentável. De acordo com ele, a atitude ofendeu o povo brasileiro e os cristãos.
Tim Lopes recebe homenagens após 15 anos de sua morte

“O Cristo Redentor é simbolo de uma nação e também símbolo de uma fé. Ao representar o redentor desta forma, o ‘The Guardian’ ofende o povo brasileiro, porque isso é uma ofensa pro povo. É um vilipêndio para os cristãos, porque Cristo ensinou exatamente o contrário, ensinou que a gente devia amar o próximo, fazer bem ao outro e ser despojado. Quem não sabe respeitar o povo brasileiro, nem tão pouco os cristãos, é lamentável. Nós lamentamos muito isso e pedimos que seja respeitada a imagem de Cristo”, afirmou o cardeal arcebispo do Rio. (Tim Lopes recebe homenagens após 15 anos de sua morte)

O reitor do santuário do Cristo Redentor, Padre Omar Raposo, disse que a imagem é agressiva e desrespeitosa.

“Isso é muito agressivo. O povo brasileiro não pode ser caracterizado por ser um povo violento e um povo que traz a corrupção na sua origem. Ao contrário, nós somos um povo trabalhador e nós merecemos o nosso respeito, e o respeito que passa também pelo reconhecimento internacional. Estamos procurando uma fase de resiliência e não podemos admitir, de forma alguma, que fiquemos caracterizados mundialmente. Um desrespeito à imagem do Cristo Redentor é um desrespeito ao povo brasileiro”, afimou padre Omar.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/charge-de-cristo-redentor-armado-em-jornal-britanico-recebe-criticas-desrespeito.ghtml

Mafioso fujão há 23 anos é preso em bunker após seis horas de buscas em sua casa

Mafioso Giuseppe Giorgi estava foragido há 23 anos (Foto: Carabinieri)

As autoridades da Itália prenderam nesta sexta-feira (2) o líder de um dos clãs da máfia da Calábria, a “Ndrangheta”, Giuseppe Giorgi, considerado um dos criminosos mais perigosos do país. Ele estava foragido desde 1994. (Mafioso Giuseppe Giorgi estava foragido há 23 anos (Foto: Carabinieri)

Os agentes do comando provincial de Reggio Calabria encontraram o mafioso em um esconderijo construído no interior de sua casa, no município de San Luca, no sul da Itália. O bunker estava escondido atrás de uma rocha e no fim de um túnel.

Os agentes já sabiam que Giorgi estava dentro do imóvel e, por isso, fizeram uma operação de busca que durou seis horas até encontrá-lo.

Durante a investigação, os policiais também apreenderam 157 mil euros que estavam guardados em bolsa de plástico no interior de várias paredes da casa.

Giorgi deverá agora cumprir uma condenação de 28 anos e nove meses de prisão, acusado por associação criminosa e tráfico internacional de drogas.

Mafioso estava escondido num bunker atrás de uma pedra (Foto: Carabinieri)

O ministro do Interior da Itália, Marco Minniti, comemorou o sucesso da operação em um comunicado e elogiou o trabalho dos agentes que capturaram Giorgi. (Mafioso estava escondido num bunker atrás de uma pedra (Foto: Carabinieri)

Cidades do Nordeste que viviam seca agora sofrem com enchentes

Maria José, que vinha pagando carro-pipa e teve a casa alagada pelas chuvas (Foto:  Mavian Barbosa/G1)

De um dia para o outro, famílias que dependiam de caminhão-pipa para ter água em casa perderam tudo o que tinham para as enchentes. O governos dos estados de Alagoas e Pernambuco já tinham decretado situação de emergência por causa da seca em dezenas de cidades. Agora, 18 delas entraram também para as listas de municípios em situação de emergência por conta das chuvas das últimas semanas, que deixaram 85 mil desabrigados nos dois estados. (Maria José, que vinha pagando carro-pipa e teve a casa alagada pelas chuvas (Foto: Mavian Barbosa/G1)

O reconhecimento de emergência é feito por decretos dos governos estaduais, e permite que o município tenha acesso a recursos destinados a mitigar os impactos de desastres naturais. Como cada desastre tem um leque de auxílios específicos, um decreto de emergência por conta de chuvas não anula um de secas.

Pernambuco vive o sexto ano consecutivo de estiagem. Em abril, o governo do estado decretou emergência por conta da seca em 56 cidades. Três estão no decreto que reconhece emergência por conta das chuvas em 24 cidades, assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB) na última terça-feira (30).

Caruaru é uma delas. Um dos moradores, Ivanildo Pereira dos Santos, de 72 anos, dividia com os vizinhos os R$ 200 cobrados por caminhões-pipa todos os meses. Agora, as chuvas das últimas semanas trouxeram um prejuízo extra: a água invadiu a casa do aposentado e destruiu parte dos móveis.

“Aqui pegou muita água, foi quase meio metro da nossa casa. Perdemos praticamente tudo. A gente se sente abandonado aqui, o poder público aqui não chega.”

“Qualquer chuva aqui é uma agonia, com os esgotos que acabam estourando também”, disse o idoso, que vive no bairro José Carlos de Oliveira.

E água nas torneiras? Nada até agora. Mesmo com a barragem do Prata, principal manancial da cidade, subindo de 9% para 50% da capacidade, a distribuição não foi normalizada na cidade. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirma que faz estudos para rever o racionamento.

A dona de casa Maria José da Silva, de 65 anos, disse que o dinheiro gasto com a compra do caminhão-pipa pesa no orçamento e que a família vai passar por dificuldades para reorganizar a casa. “Não perdi mais coisas com a chuva por causa de um filho, que chegou a tempo e conseguiu levar o que podia. Mas a minha família não tinha uma cama, eu dei a ela, e agora não tem mais”, contou.

De acordo com a prefeitura de Caruaru, mais de 200 ruas foram danificadas. Cerca de 20 árvores de grande porte destruíram veículos estacionados e interditaram ruas. Parte do teto da maternidade Casa de Saúde Bom Jesus desabou, comprometendo as cirurgias eletivas, e mais de 20 unidades do Programa da Saúde da Família tiveram infiltrações, avarias e alagamentos.

Prejuízos em Alagoas

Em Alagoas, mais da metade dos municípios amargam prejuízos por causa da seca. Dos 102, 77 estão em emergência reconhecida pelo governo do estado. Agora, 15 desses entraram em emergência também pelas chuvas.

A cidade de União dos Palmares, na Zona da Mata alagoana, enfrentou rodízio no abastecimento de água por causa do nível baixo do Rio Mundaú até o mês passado. Para evitar colapso, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto dividiu a cidade em dois grupos, que tinham águas nas torneiras em dias alternados.

Cidades de Pernambuco e Alagoas que seão em situação de emergência por conta de seca e chuva (Foto: Editoria de Arte/G1)

Agora, União tem mais de mil pessoas fora de casa e foi incluída no decreto do governador, Renan Filho (PMDB), que colocou 27 cidades do estado em situação de emergência por conta das chuvas. O nível do rio subiu tanto que a Defesa Civil recomendou que os ribeirinhos deixassem as moradias e procurassem abrigo em locais seguros. (Cidades de Pernambuco e Alagoas que seão em situação de emergência por conta de seca e chuva (Foto: Editoria de Arte/G1)

Ajuda em dinheiro

De acordo com o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE-AL), os municípios em emergência por causa da seca e da chuva continuarão a receber verbas referentes a cada decreto, já que eles são independentes. Entretanto, eles vão ter que comprovar depois que usaram os recursos para os fins correspondentes.

A comprovação deve ser feita junto ao TCE, quando se tratar de verba estadual, e junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), quando se tratar de verbas federais.

Caso os recursos não tenham sido utilizados como deveriam, as prefeituras deverão devolver o dinheiro aos cofres públicos.

Segundo o advogado especialista em direito público Gladimir Chiele, uma cidade em situação de emergência por conta de seca pode decretar em razão das chuvas, porque cada desastre tem conjuntos diferentes de fundos e programas. E, para ter acesso a cada um deles, é preciso de um decreto específico. “São dois desastres naturais distintos”, diz.

O governo do estado de Pernambuco não quis se manifestar.

*Mavian Barbosa, do G1 Caruaru, Cau Rodrigues e Roberta Cólen, do G1 Alagoas

http://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/noticia/18-cidades-de-alagoas-e-pernambuco-estao-em-emergencia-pela-seca-e-tambem-pelas-chuvas.ghtml

Garotas balançam o rabo sobre caixão de traficante em homenagem porque “ele amava o funk”

Em determinado momento do vídeo, as pessoas jogam gelo e água nas moças que ficam todas molhadas, mas não param de sensualizar.

O vídeo divulgado na internet tem chocado muitas pessoas. Nele, várias mulheres aparecem fazendo uma dança sensual em cima de do caixão de um narcotraficante , durante o enterro. Segundo o usuário que publicou a gravação, o caso aconteceu na semana passada , o traficante teria sofrido uma parada cardiaca e morreu.

Em determinado momento do vídeo, as pessoas jogam gelo e água nas moças que ficam todas molhadas, mas não param de sensualizar. O caixão parece ser transportado para o local do enterro em cima de duas motos. (Foto: Se o distinto defunto bacana adorava funk, fazer o quê…)

http://www.gazetaedicao.com/2017/05/garotas-dancam-funk-em-cima-de-caixao.html