Libélulas se fingem de mortas para fugir de assédio de machos

Um pesquisador descobriu que as libélulas fêmeas usam uma tática extrema para se livrar de pretendentes indesejados: elas despencam do céu e se fingem de mortas.

Rassim Khelifa, da Universidade de Zurique, na Suíça, testemunhou o comportamento pela primeira vez com a espécie Aeshna junca.

Ele observou que, ao ser perseguida por um macho, a libélula mergulhou no chão e ficou imóvel. Só depois de convencer o pretendente que tinha morrido ela levantou voo e foi embora.

À New Scientist, Khelifa, que estuda as libélulas há 10 anos, disse que ficou surpreso com o comportamento. De 31 situações que ele observou, em 27 as fêmeas mergulharam e se fingiram de mortas, sendo que em 21 foram bem-sucedidas.

Um único encontro com um macho é suficiente para fertilizar todos os ovos da libélula e uma cópula forçada pode danificar seu trato reprodutivo.

Ao contrário das outras espécies, que são acompanhadas pelos machos com quem copularam até fora do enxame, as Aeshna junca são vulneráveis. Por isso, o pesquisador acredita que elas desenvolveram esse mecanismo da morte falsa para evitar o assédio masculino.

Poucos animais foram flagrados fingindo a morte para enganar pretendentes. Agora, o cientista está interessado em descobrir se o comportamento é exclusivo para as espécies que colocam ovos sozinhas ou se é mais generalizada.

 https://br.noticias.yahoo.com/libelulas-se-fingem-de-mortas-para-fugir-de-assedio-de-machos-155813349.html
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s