Tribunal nega indenização contra adivinhadora mala-sem-alça

aaaaa

O desembargador Pedro Bernardes, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, negou o pedido de indenização feito por uma aposentada contra uma cartomante, sob o argumento de que a concessão do pedido implicaria na banalização dos danos morais.

A aposentada informou no processo que pagou por consultas para restaurar seu relacionamento com o marido e acusou a cartomante de se aproveitar de sua ingenuidade, falta de instrução, saúde debilitada e abalo emocional após a separação.

A cliente afirmou também ter sofrido ameaças da cartomante, que disse que poderia acontecer algo pior caso o serviço não fosse contratado. A aposentada contou que, segundo a leitura do baralho na primeira consulta, o marido não iria voltar para ela, então a cartomante ofereceu seus serviços para fazer com que o casal se reconciliasse.

Como o marido saiu de casa em novembro de 2010 e até o ajuizamento da ação, em junho de 2012, não havia voltado, a aposentada pediu indenização por danos morais, em valor a ser definido pelo julgador, e compensação de R$ 6.300 pelos danos materiais, pois ela ficou endividada por ter feito empréstimos para pagar o trabalho.

A cartomante alegou que não havia provas dos danos materiais e morais, pois o desejo da aposentada, a volta do marido para casa, fora realizado. Segundo ela, não existe a possibilidade de anular o negócio, uma vez que a prestação do serviço foi cumprida. Em seu depoimento, a aposentada afirmou que o marido havia voltado para casa, mas não para a relação conjugal.  (Enéas Jacobina)

http://www.mtviaradio.com.br/?pag=1&id=45049

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s