Menino de 6 anos dispara por acidente e mata outro de 2

Criança foi transferida para hospital em Porto Velho (Foto: Ana Claudia Ferreira/G1)

Uma criança de dois anos morreu na última sexta-feira (13) após sofrer um disparo acidental na região da boca em uma propriedade rural localizada na Linha C-105 da BR-364, em Ariquemes (RO), na região do Vale do Jamari. De acordo com a Polícia Militar (PM), o tiro foi efetuado por outra criança de seis anos, que é tio da vítima. O menino foi socorrido com vida até o Hospital Regional do município, mas não resistiu aos ferimentos enquanto era encaminhado até o Hospital João Paulo II, em Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, o garoto de seis anos teria se apossado de uma espingarda calibre 22, que pertence ao padrasto da vítima, para brincar sem que ninguém percebesse e foi para o lado de fora da residência com o sobrinho. Durante o manuseio da arma, o menino acabou efetuando um disparo contra o rosto da criança de dois anos.

Segundo a PM, o disparo foi efetuado no lado direito do rosto, entre a boca e o nariz, perfurou a língua e se alojou próximo à região cervical do pescoço. O Corpo de Bombeiros foi solicitado para prestar os primeiros socorros à criança e, posteriormente, a encaminhou até o Hospital da Criança em Ariquemes. O garoto chegou à unidade consciente e informaram que o quadro era estável.

Logo depois, a criança foi encaminhada até o Hospital Regional do município para ser atendida por um médico bucomaxilofacial, o qual atestou que o quadro clínico da criança era crítico, devido ao projétil estar alojado próximo à região cervical. Diante da gravidade, o menino foi encaminhado até o Hospital João Paulo II, em Porto Velho. Entretanto, a criança não resistiu aos ferimentos antes de dar entrada na unidade hospitalar.

Recomendação
O policial militar Denilson Gonçalves alerta sobre os perigos de possuir alguma arma de fogo nas residências.

“Para aqueles que possuem [armas], devem sempre se atentar quanto aos locais onde guardam, para que assim, impeçam o acesso e o contato de criança com a arma e evitar algum acidente. A legislação proíbe com o estatuto do desarmamento de possuir a arma, mas àqueles que possuem tomem cuidado para que outras crianças não possam vir a mexer e deixar mais uma vítima”, salienta.

http://g1.globo.com/ro/ariquemes-e-vale-do-jamari/noticia/2017/01/crianca-morre-apos-ser-atingida-por-tiro-acidental-efetuado-por-tio-em-ro.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s