Sem cama e banheiro, idosa de 92 anos é mantida em jaula pelo filho na China

Senhora foi encontrada em condições precárias dentro de jaula de 10 metros quadrados sem cama ou saneamento básico

Uma idosa de 92 anos foi encontrada presa em uma jaula no Condado de Fengshan, em Guangxi, China. A senhora era mantida em uma cela por seu próprio filho e pela nora por vários anos e não recebia roupas ou comida o suficiente. (Reprodução/Youtube Senhora foi encontrada em condições precárias dentro de jaula de 10 metros quadrados sem cama ou saneamento básico)

+ De desastres naturais a terrorismo: os 5 grandes riscos globais em 2017

A história da idosa passou a ser conhecida depois que um vídeo dela dentro da jaula foi publicado na internet.  A ampla circulação das imagens forçou as autoridades locais a interferirem, enviando a anciã a um hospital local, onde está em recuperação.

No vídeo, é possível observar as condições precárias do ambiente. A iluminação era fraca, não havia cama ou saneamento básico. A mulher era forçada a fazer suas necessidades no chão e a dormir em um pedaço de madeira com um lençol fino para se cobrir, além de permanecer trancada constantemente.

+ Ex-vice-ministro da Colômbia é preso por esquema com a Odebrecht

O filho e a nora da idosa chinesa foram levados para interrogatório, mas os oficiais relataram ao jornal britânico “Daily Mail” que o casal demonstrava uma atitude maldosa, não demonstrando se importar com o que era dito a eles.

O caso foi reportado imediatamente ao governo local, que foi visitar a senhora e iniciou a investigação.  As autoridades a encontraram deitada no chão de sua cela, que tinha aproximadamente 10 metros quadrados.

+ Em reta final de mandato, Obama acaba com regra migratória especial para cubanos

O casal foi ordenado a soltar a senhora e recebê-la na sala de sua casa. Em seguida ela recebeu um banho e roupas e foi examinada por assistentes sociais antes de ser encaminhada ao hospital. A polícia aguarda a recuperação da idosa para prosseguir com a interrogação.

Incontinência

Em 2014 surgiu um caso semelhante, quando uma mulher de 90 anos morreu depois de ser mantida em cárcere privado pelo filho na província de Henan, na China. O filho, entretanto, afirma que a mãe se mudou para a jaula voluntariamente por causa de sua incontinência urinária, que para eles era um “peso enorme e ela estava preocupada com deixar a casa malcheirosa”.

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-01-13/idosa-jaula-china.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s