Tenente acusada de tortura contra aluno em treinamento dos Bombeiros-MT é afastada

A tenente Isadora Ledur, foi afastada dos treinamentos do Corpo de Bombeiros. A informação foi confirmada pelo coronel Alessandro Borges Ferreira, na tarde desta quarta-feira (16), durante entrevista coletiva. Ele será o presidente do inquérito que irá apurar as denúncias de que a bombeira teria torturado o aluno durante treinamento na Lagoa Trevisan, em Cuiabá. (Foto: Família está incopnsolável com a morte de jovem aspiramte a bombeiro militar)

Leia mais:
Família de aluno do Corpo de Bombeiros que morreu após treinamento acusa excessos

“Todas as denúncias serão levadas para o bojo do inquérito. É obvio que a tenente, até pelo que ocorreu, não irá neste momento participar dos treinamentos deste pelotão. Todos os fatos serão apurados, não vou fazer um pré-julgamento. Vamos buscar a verdade. Tudo o que ocorreu no dia, será constatado. A corporação não coaduna com excessos e atos ilegais. As decisões serão tomadas baseadas em fatos reais”, disse o coronel.

 O presidente do inquérito ainda adiantou que a promoção da tenente para capitã, que ocorrerá nos próximos dias, não será barrada: “São dois fatos diferentes. Esta comissão se reuniu no início deste mês. Já foi feito todo o procedimento para a promoção. Não podemos condenar sem o inquérito. Não temos como segurar uma promoção sem o inquérito ser finalizado. Cada um vai responder pelos seus atos, se for culpado”. (Foto: Reprodução/TVCA)

O laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML) não foi conclusivo e a causa da morte deve ser revelada nos próximos dias. Conforme a família, o filho dizia – através de mensagens no Whatsapp – que sofria perseguição da tenente. O inquérito deverá ser finalizado daqui 30 a 50 dias. Caso haja culpados, eles responderão administrativamente e criminalmente. O Ministério Público Estadual (MPE) também acompanha a investigação.

“O Comando da instituição e todos os militares estão consternados e tristes com a passagem de um irmão de farda. Neste primeiro momento, a intenção é dar apoio aos familiares. O corpo será translado para Tangará da Serra, onde acontece o enterro. Depois, fui designado para ser o presidente do inquérito. Podem ter certeza que será conduzido na busca da verdade. Seremos transparentes, os parentes vão acompanhar e todos serão ouvidos”, finalizou o coronel.

O caso

Rodrigo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e faleceu por volta de de 1h40. Ele teria sido dispensado no final do treinamento, após reclamar de dores na cabeça e exaustão após passar por uma sessão de afogamentos. O Corpo de Bombeiros informou que já no Batalhão ele teria e queixado das dores e foi levado para a policlínica em frente a instituição.

Rodrigo Claro, de 21 anos, foi diagnosticado com aneurisma cerebral, segundo a mãe (Foto: Reprodução/ Facebook)
Ali ele teve duas convulsões e foi encaminhado em estado crítico ao Jardim Cuiabá, onde permaneceu internado em coma. O caso estava sendo tratado como aneurisma, hipótese descartada, segundo o advogado, em uma avaliação preliminar do médico plantonista do Instituto Médico Legal (IML) que esperou mais de dez horas para a liberação do corpo. (Foto: Família diz que sonho de jovem foi interrompido por mulher oficial torturadora)

Júlio explica que o laudo ainda não foi elaborada por falta de material e que o Estado já foi informado sobre a situação. “Se o corpo não for liberado, vamos entrar com uma ação contra o Estado, a família não pode esperar um dia, dois ou mais, como em outros casos que vemos aqui, para que um corpo seja liberado.”

tenentoryura.jpg

A informação foi rebatida pela Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec), que garantiu haver luvas e equipamento necessários para o trabalho. Ainda segundo o órgão, o corpo de Rodrigo chegou à unidade às 3h da manhã, horário no qual a realização dos exames não é permitida, em decorrência de fatores como a iluminação que podem ser prejucial a coleta de informações. (Foto: Antes de morrer, o jovem reclamou para a família do tratamento violento da oficial)

http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=tenente-acusada-de-tortura-contra-aluno-dos-bombeiros-e-afastada-de-treinamentos-veja-print-&id=429109#!prettyPhoto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s